Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo

Os princípios da segurança do trabalho na indústria

Os princípios da segurança do trabalho na indústria

Conheça os principais pontos de atenção para promover a segurança no trabalho na indústria, e entenda como este compromisso pode impulsionar a sua produtividade!

O manuseio de materiais perigosos, a circulação de empilhadeiras nas dependências da fábrica, a dinâmica de carga e descarga nas docas, bem como o contínuo funcionamento das máquinas são situações comuns no dia a dia da produção, mas podem representar grandes riscos à saúde e segurança do trabalho na indústria, sem a atenção com os cuidados necessários.

Mais de 700 mil acidentes de trabalho são registrados a cada ano no Brasil, de acordo com dados da Previdência Social e do Ministério do Trabalho. Segundo o mesmo levantamento, o setor que apresenta o maior número de ocorrências é o industrial.

Além de revelarem a seriedade deste problema, os números também reforçam que a segurança do trabalho na indústria deve ser rotineira e cultural, envolvendo gestores e colaboradores.

Saiba quais são os principais pontos de atenção para promover a segurança no trabalho da sua equipe, e entenda como este compromisso pode impulsionar a produtividade da sua organização!

Um novo olhar para a segurança do trabalho na indústria

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) vem demonstrando na prática a importância de algumas medidas que, apesar de simples, fazem grande diferença para a segurança do trabalho na indústria e em toda a logística de produtos.

Apesar das exigências do Ministério do Trabalho serem encaradas, muitas vezes, como obrigações burocráticas, a garantia delas não só evita acidentes, prejuízos e multas, como também traz benefícios para as equipes e a gestão organizacional.

O bem-estar e a saúde dos colaboradores são determinantes para a motivação e produtividade do time, resultando em ganhos de eficiência, envolvimento da equipe e qualidade nas entregas.

Além disso, o cumprimento das leis trabalhistas e a atenção com a segurança dos funcionários fortalece a imagem da indústria como uma marca responsável, e contribui com a conquista de certificações, como a GPTW (Great Place to Work – Ótimo Local para Trabalhar).

A garantia de segurança do trabalho na indústria

Considerando as particularidades das operações industriais, o Ministério do Trabalho elaborou 37 Normas Regulamentadoras (NRs), com o objetivo de direcionar, padronizar e fiscalizar os procedimentos obrigatórios relacionados à segurança e à medicina do trabalho no setor.

Compostas por inúmeras páginas e exigências, as NRs estabelecem diferentes princípios para o bem-estar dos colaboradores, incluindo questões como iluminação, climatização e sinalização do ambiente de trabalho, por exemplo.

Para atendê-las de forma completa, sem riscos para a sua equipe e a sua organização, atente-se aos seguintes pontos de atenção:

Conscientização e capacitação

Em primeiro lugar, é necessário garantir o entendimento de todos quanto à importância e às diretrizes das normas de segurança.

Assim, o principal papel de uma equipe técnica especializada na Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) é não só monitorar os riscos, como incentivar que os próprios colaboradores identifiquem e reportem potenciais problemas e falhas de segurança.

Essa cultura estimula um senso de responsabilidade, bem como promove automaticamente a utilização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva). Lembre-se: o seu time precisa entender que este é um compromisso de todos – e para todos!

Organização e ergonomia

Um ambiente seguro, organizado, com o dimensionamento adequado dos equipamentos e a implementação de soluções otimizadas para a rotina industrial é outro ponto indispensável para evitar acidentes na indústria.

Ao estabelecer um programa de prevenção e proteção contra os riscos à segurança do trabalho, é fundamental repensar todo o layout da sua fábrica para identificar e eliminar os possíveis problemas. Nesse caminho, existem soluções inteligentes que são capazes de otimizar o dia a dia do seu time, além de promover operações mais seguras.

O uso de niveladoras eletrohidráulicas para carregamento e descarregamento de caminhões por exemplo tornam a operação muito mais segura, pois elimina o vão que fica entre a doca e o veículo, além de contribuir para a ergonomia dos colaboradores pois seu funcionamento é automatizado e não exige esforço físico para operar.

Para a divisão de ambientes internos, as portas rápidas da RAYFLEX® são extremamente rápidas, garantindo que o local fique fechado sem interromper o fluxo da operação. As portas rápidas possuem tecnologia patenteada nas guias laterais que elimina qualquer tipo de barras metálicas na lona, tornando-a inofensiva aos usuários que passam por baixo da porta.

Conheça as soluções da RAYFLEX® e descubra como elas podem te ajudar a promover a segurança do trabalho na sua indústria!

1 thought on “Os princípios da segurança do trabalho na indústria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *