Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo

clube c3

Empresa ingressa no C3 – Clube da Construção Civil

Referência no mercado de portas rápidas, a Rayflex, agora faz parte do C3 -Clube da Construção Civil. Entenda!

Referência em portas rápidas, niveladoras e abrigos para docas, a Rayflex, empresa líder no mercado nacional de portas industriais, agora faz parte do C3 -Clube da Construção Civil. Com isso, a empresa se aproxima do setor para entender melhor os projetos que desenvolvem, do início até a entrega final, para, assim, poder trazer soluções que se adequem às necessidades dos clientes.

“Muitas vezes fomos procurados para substituir ou adequar um equipamento, o que gera um alto custo para o cliente final, já que, além das interrupções na produção, devido ao uso inadequado ou dimensionado errado, soma-se também o custo da implementação de um novo produto. Foi pensando nisso que resolvemos abrir um pouco mais o nosso leque de atuação e decidimos ingressar no C3, a fim de ficar mais próximos do setor e oferecer os equipamentos corretos”, explica Giordania Tavares, CEO da Rayflex.

Segundo a executiva, a ideia de estreitar relacionamento com escritórios e construtoras, é entender melhor o segmento, que, muitas vezes, encontra dificuldades em especificar os equipamentos no momento da construção, entregando projetos aos clientes que podem se tornar onerosos no futuro. “Nossos equipamentos não são estáticos e sim produtos que se movimentam e interagem com os demais aparatos das indústrias. Com essa aproximação, somado a nossa expertise, vamos desenvolver soluções de acordo com as necessidades específicas de cada área, seja na sua característica técnica ou no seu rendimento”, finaliza a CEO.

O C3, Clube da Construção Civil, é um grupo que tem por objetivo apresentar novos paradigmas de relacionamento comercial, capacitação técnica e geração de conteúdo a partir de um comportamento mais colaborativo e por meio de experiências que despertem a geração de negócios e relacionamentos diferenciados entre os associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *