Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo

controle de temperatura

Controle de temperatura e de contaminação são os principais pontos de atenção no armazenamento de insumos farmacêuticos

A qualidade dos produtos finais depende também de equipamentos e instalações de acordo com as medidas e procedimentos necessários na fabricação.

Insumos para indústria farmacêutica são o começo da cadeia produtiva das empresas desse segmento, com objetivo de produzir medicamentos e itens mais seguros para utilização do consumidor final e a segurança é prioridade de qualquer processo de fabricação, especialmente quando a eficácia e a credibilidade dos produtos envolvem diretamente a saúde e o bem-estar. Assim, o controle de qualidade na indústria farmacêutica é obrigado a atender às mais rígidas normas e certificações do mercado. 

Pensando neste cenário, é necessário reforçar processos e sistemas, incluindo análise de risco, isolamento adequado do ambiente, preparação da equipe, limpeza de rotina e desinfecção do meio de trabalho, uso de roupas de proteção e descontaminação dos insumos, desde as matérias-primas até produtos finais.

Mais do que nunca, a segurança dos funcionários e o controle de qualidade na indústria farmacêutica exigem infraestrutura adequada e fornecimento de espaço, equipamentos e instalações de acordo com as medidas e procedimentos sistemáticos necessários. “A Rayflex tem como objetivo fornecer soluções para que a indústria farmacêutica cumpra e desenvolva os protocolos de segurança da melhor maneira e com toda excelência possível. A ideia é que fabricantes de insumos, consigam por meio dos nossos produtos sanar a dor da contaminação e dependendo do produto, também a necessidade de manter a área sempre climatizada e pronta para armazenamento”, explica Giordania R. Tavares, diretora executiva da Rayflex.

A tecnologia pode e deve ser uma grande aliada da indústria para cumprir esses procedimentos. Para o controle de contaminação e temperatura, por exemplo, existem as portas rápidas para áreas internas. Essas portas fazem com que salas tenham vedação máxima mantendo assim as temperaturas necessárias para o armazenamento correto de cada insumo.

Esse tipo de solução é essencial para que o alto fluxo de pessoas e carrinhos não tenha impacto na perda de temperatura dos ambientes. Além disso, soluções com guias laterais contínuas permitem um encaixe perfeito para garantir que as salas de armazenamento sejam protegidas. “A Rayflex desenvolveu as portas rápidas mais inovadoras do mercado. Nossos produtos auxiliam não só no controle da contaminação e no isolamento térmico e acústico, mas também possuem alta velocidade de abertura e fechamento, garantindo menos tempo de abertura e fechamento, reduzindo assim a exposição do ambiente. Esta função é de extrema importância para espaços que controlam temperatura, pressão e limpeza”, finaliza Giordana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *